Research

As oportunidades em meio à crise do setor automotivo: categoria de manutenção em alta

18 de julho de 2022 | Atualizado 21 de setembro de 2022

Toda crise revela também oportunidades.

O maior argumento dos economistas pode ser muito bem aplicado à nossa realidade, especialmente para os setores econômicos que estão em queda. É o caso, por exemplo, da indústria automobilística. 2022 não tem sido um bom ano para o setor, pelo menos até agora: segundo informações da InfoMoney, os seis primeiros meses marcaram queda brusca no desempenho de vendas das empresas de automóveis. Porém, é claro que algumas portas também foram abertas e, nesse caso, abriram-se para a categoria de manutenção de veículos.

A nível mundial, os dados da Similarweb revelam que todos os websites do TOP 20 que cresceram seu tráfego online no primeiro semestre estão relacionados a produtos e serviços de manutenção de carros.

Aqui no Brasil, a tendência é parecida. No TOP 10, dois sites de pneus se destacam, e no TOP 20, URL’s relacionadas a revisões também performaram muito bem em 2022.

Além disso, dentro da ferramenta de análise competitiva da Similarweb, é possível verificar que grande parte da audiência dos 5 domínios com maior volume de tráfego no setor automotivo, e que pertencem à categoria de manutenção, chega através do tráfego direto (ou seja, digitando a URL exata na barra de pesquisa) e por buscas orgânicas (quando o público pesquisa pelo nome da empresa na barra de pesquisa). Isso representa um grande amadurecimento da categoria de manutenção, pois demonstra que o público está realmente interessado, buscando por serviços e produtos sem necessidade de anúncios pagos.

Por que isso está acontecendo?

A explicação para esse comportamento é simples: em meio à crise econômica, alta de juros e inflação no teto, o consumidor não tem o poder aquisitivo para comprar um novo carro, e a solução mais óbvia e prática é investir em manutenção e melhorias do atual veículo, como pneus novos, dispositivos de som, molas etc. Uma publicação recente da Veja, inclusive, revelou que a baixa nas compras de novos carros está elevando a idade da frota de veículos no Brasil. Em 2012, a idade média de um carro brasileiro era de 8 anos; em 2022, esse número saltou para 10. Nesse cenário, a manutenção de veículos é a melhor opção para o consumidor e a maior aposta para a indústria automobilística.

O que os consumidores estão buscando?

Agora que já entendemos porque a manutenção de veículos está ganhando share, talvez você esteja se perguntando: “Ok, mas o que especificamente o cliente da indústria automobilística está buscando agora? Quais são os termos mais digitados na internet quando o assunto é manutenção de veículos?”. Para responder a esse questionamento, uma navegação nos dados e insights da Similarweb é bastante produtiva.

Pesquisando pelos termos de busca e palavras-chave que estão em alta na indústria, a plataforma da SW revela:

*Os termos marcados com este símbolo são seguidos por nome(s) de marca(s), devidamente ocultados para preservar a privacidade dos dados Similarweb.

Agora, analisando apenas os 5 principais websites da indústria automotiva, o TOP 10 termos de busca que mais geram tráfego às suas URL’s são palavras relacionadas à manutenção e melhorias de veículos, e incluem pesquisas específicas sobre peças como volante, vela, lente e painel.

Saiba mais sobre palavras-chave e como a Similarweb analisa os dados da web clicando aqui.

Dentre as nossas análises da performance dos 5 principais domínios do setor automotivo, podemos observar as palavras-chaves orgânicas que estão gerando mais tráfego à URL principal do que aos outros 4 competidores e vice-versa:

É realmente impressionante acompanhar os interesses da audiência! Somente a partir desses dados, é possível extrair informações valiosas para a elaboração de novas estratégias. Você tem compreendido o que seu público está buscando atualmente? Será que sua empresa está performando bem na indústria?

Expectativas para o futuro da indústria automobilística

Primeiramente, as expectativas para as vendas do segundo semestre de 2022 foram reavaliadas. Segundo matéria publicada na Automotive Business, a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) baixou a previsão de licenciamento de veículos no Brasil em torno de 7% e a de produção em 5%. Em compensação, as exportações devem subir 22,2%, um aumento significativo em comparação com a previsão de 3,6% de janeiro.

Outra tendência é o aumento na locação de veículos, que já está acontecendo. Além da questão da crise financeira, diversos pontos contribuem para a mudança no comportamento do consumidor – mas isso é tema para outro post.

O fato é que ter acesso aos insights da Similarweb, como os apresentados aqui, torna muito mais fácil a tarefa de compreender o “landscape” da indústria atual e ter uma visão ampla, e ao mesmo tempo profunda, sobre o comportamento do consumidor. Assim, é possível prever tendências e alinhar estratégias para atender às novas demandas do público.

Se você deseja acessar insights valiosos da Similarweb, agende uma demonstração gratuita. Basta entrar em contato comigo através do e-mail abaixo:
luana.messagi@similarweb.com.br.

Espero o seu contato.

Até o próximo post!

This post is subject to Similarweb legal notices and disclaimers.

Quer saber o que a Similarweb pode fazer por você?

Veja aqui duas maneiras pelas quais você pode começar a usar a Similarweb hoje!